[ad_1]

“A gente sempre brincaque é raro vê-la chorar, e ver minha mãe se emocionando foi um momento muito bonito. Sou eternamente grata a você por ter encontrado isso e proporcionado esse momento. Foi muito especial”, completou a jovem, se direcionando a Pedro Bial, diretor artístico do documentário.

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *