[ad_1]

Marketa Vondrousova é a mais nova campeã de Wimbledon e se tornou a primeira tenista não cabeça de chave a conquistar o título na grama inglesa.

Neste sábado (15), a tcheca de 24 anos controlou a pressão de retornar a uma final de Grand Slam e derrotou a favorita Ons Jabeur na quadra central do All England Lawn Tennis and Croquet Club por 2 sets a 0 (6/4 e 6/4), faturando pela primeira vez um Major na carreira.

Cabeça de chave número 6 e finalista da disputa em 2022, a tunisiana amargou outra derrota em Londres, após ter sido superada pela cazaque Elena Rybakina na decisão da última temporada.

Além do título, Vondrousova subirá no ranking da WTA e repetirá a melhor marca na carreira, retornando à 14ª posição.

O primeiro set, no entanto, foi dominado em grande parte pela tunisiana, que flertou com as chances da vitória em diversas oportunidades quando quebrou o serviço da tcheca, mas errou em confirmar seu saque.

O segundo set, assim como o primeiro, mostrou uma Jabeur cedendo à pressão pelos sucessivos erros, principalmente quando precisava confirmar uma vantagem após conseguir uma quebra.

Mais sólida em quadra, Vondrousova se aproveitou dos vacilos da rival para fechar em novo 6/4 e conquistar seu troféu inédito em Londres.

A tcheca de 24 anos, que chegou a Wimbledon como número 42º do ranking de simples, voltou a uma decisão de Grand Slam após perder o título de Roland Garros de 2019 para a australiana Ashleigh Barty.

Família de atletas e tatuagens

Criada em uma família de atletas, com a mãe jogadora profissional de vôlei e o avô campeão nacional de pentatlo, Vondrousova chamou a atenção por uma caraterística pouco usual entre as tenistas do circuito: as tatuagens nos dois braços.

A tenista da República Tcheca, que chegou a ser líder do ranking na categoria júnior, foi uma verdadeira sensação no circuito profissional após fazer uma final de Major pela 1ª vez com apenas 19 anos.

Vondrousova ainda ostenta uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio depois de ser superada por Belinda Bencic na grande decisão.

Desde então, no entanto, a batalha da tenista foi contra as lesões.

A tcheca precisou passar por cirurgias em ambos os punhos, que se somaram aos problemas no cotovelo esquerdo após o torneio de Roland Garros em que foi finalista.

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *