[ad_1]

Os fãs do Poesia Acústica têm um motivo para comemorar: a tão esperada 14ª edição do projeto foi lançada nesta quinta-feira (20), em todas as plataformas de áudio e em videoclipe. Desta vez, comandam os microfones Gloria Groove, Djonga, WIU, KayBlack, MC Ryan SP, Cesar MC, Derxan, Lourena e Major RD

14ª edição do Poesia Acústica

A 14ª edição do Poesia Acústica propõe uma abordagem voltada para a bossa-nova, onde o início da música traz a inconfundível melodia de “Garota de Ipanema”, composição de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, gravada em 1962. 

Desde o seu lançamento, em maio de 2017, o projeto tem se destacado como um verdadeiro fenômeno, sendo reconhecido como um marco na música brasileira. Ao quebrar barreiras no cenário do rap e da cultura urbana, o Poesia conquistou um lugar de destaque, tornando-se um dos maiores e mais respeitados projetos musicais do país. 

Com treze edições já realizadas, o Poesia Acústica proporcionou a mais de 58 artistas a oportunidade de fazer parte deste grande movimento do cenário musical e, com isso, conquistar novos espaços e ainda mais notoriedade na carreira, alcançando até mesmo o status de grandes nomes da atualidade. 

Essa é a primeira participação de Major RD, WIU, Derxan, GG e Kayblack no projeto. Coube a eles definir o Poesia em uma única palavra. Temas como “oportunidade”, “pertencimento”, “ocupação” e “harmonia” foram citados, e até brincaram com “Paulo”, explicando que ele é o dono do projeto, segundo Major RD. Os veteranos Malak e Lourena definiram o projeto como “amor”, enquanto Cesar MC o descreveu como um “encontro”.

Atendendo a muitos pedidos do público e, por isso, uma das participações mais esperadas do projeto, Gloria Groove contou sobre a inspiração para compor seus versos no conjunto: “Inicialmente sabia que a gente precisava falar de amor, né? O Poesia é sobre ser uma love song. Procurei juntar referências que fossem metade amorzinho, metade safadeza, para que não faltasse nenhum dos dois lados, tentando unir ao tema que é essa brasilidade que o Poesia 14 está propondo”, contou. 

Djonga, que já é veterano no Poesia – participou das edições 4 e 9 – também refletiu sobre sua inspiração na composição do 14: “Me inspiro em quem está participando, como nos outros Poesias, tento sempre trazer referências de músicas que já existem. Minha inspiração é o universo inteiro”, contou. 

Lourena, também veterana, que já esteve nas edições 9 e 11, contou que a inspiração foi continuar tocando os fãs com seus versos. “Busquei criar coisas que os fãs se identificassem. Minha inspiração foi o que eles querem ouvir de mim, que vão gostar como gostaram dos outros que participei, mas também sendo diferente do que já fiz”, contou. Já Ryan, que também esteve no 11 brincou sobre o assunto: “Foi flow mesmo, zoando mesmo, mas o outro foi minha ex”.

O projeto, portanto, reúne a mistura perfeita para mais um sucesso junto ao público. Os participantes demonstraram entusiasmo com o resultado da gravação realizada no Rio de Janeiro.



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *