[ad_1]

Lea Michele, 36, usou as redes sociais para fazer uma homenagem ao ex-namorado Cory Monteith, que nesta quinta-feira completa dez anos da morte do ator de Glee, que morreu aos 31 anos.

Em uma publicação no Instagram, a atriz publicou uma foto ao lado do amado e fez uma declaração. “10 anos. Parece que foi ontem que você estava aqui e, ao mesmo tempo, um milhão de anos atrás. Guardo todas as nossas lembranças em meu coração, onde elas permanecerão seguras e nunca serão esquecidas”, escreveu ela, que foi par romântico do ator no seriado musical e namorou Cory na vida real.

A atriz desabafa sobre a falta que o ator faz em sua vida, assim como das demais pessoas, entre amigos e família. “Sentimos sua falta todos os dias e nunca esqueceremos a luz que você trouxe para todos nós. Sinto sua falta, garotão. Espero que tenha encontrado o Taylor lá em cima e que estejam tocando bateria juntos”, completou.

O que aconteceu?

O ator foi encontrado em um hotel em Vancouver, no Canadá, depois de uma overdose em 13 de julho de 2013. De acordo com laudo final da necropsia, a causa do óbito foi uma “combinação de uso de heroína intravenosa somada a ingestão de álcool”.

No quarto do hotel onde Cory estava hospedado, no Canadá, foram encontradas duas garrafas de champanhe, além de uma colher e uma agulha com resíduos da droga. O relatório também observou que Cory “tinha um histórico de uso de drogas ilícitas, com períodos de reabilitação e de abstinência de drogas”.

O legista sugeriu ainda que a tolerância de Cory para abuso de substâncias pode ter diminuído desde sua última temporada em uma clínica de reabilitação, em abril de 2013. Cory tinha 31 anos e era namorado da atriz Lea Michele, com quem contracenava na série musical.



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *