[ad_1]

Com gols de Chico Kim e Zé Roberto, ambos no primeiro tempo, o Mirassol fez valer o mando de campo e superou o Tombense por 2 a 0, no Campos Maia, no interior paulista. A vitória neste sábado pôs fim a um jejum de cinco partidas do time paulista sem vencer e aproximou a equipe do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo foi válido pela 19ª rodada, a última do primeiro turno da competição.

Com mais três pontos, o Mirassol chega a 31 pontos. O time não vencia desde 25 de junho, quando superou o ABC por 3 a 2, pela 13ª rodada. De lá pra cá, foram duas derrotas e dois empates. Já o Tombense com 18 pontos fica em posição delicada na classificação.

Em busca do G-4, o Mirassol começou com uma forte marcação no meio de campo, para pressionar o Tombense no campo de defesa. O time paulista tentava infiltrar através de lançamentos entre a defesa mineira, porém não conseguia espaço na hora de concluir a gol. Quando conseguiu êxito na jogada, Chico Kim abriu o placar, aos 33 minutos. Negueba foi lançado na área, venceu a disputa com Egídio, e cara a cara com Felipe Garcia, tocou para trás, para o meia fazer um belo gol por cobertura.

Com o gol, o Mirassol seguiu com a marcação alta, mas sem pressionar a saída de bola, apenas cercando o Tombense, para que a bola não chegasse ao meio campo, principalmente com Matheus Frizzo. O time seguiu na tentativa da bola aérea e foi premiado nos acréscimos. Após cruzamento, João Pedro acertou um chute em Thalisson Kelven. Após rever o lance no monitor do VAR, o pênalti foi anotado. Zé Roberto cobrou com paradinha e deslocou o goleiro para marcar o segundo, aos 55 minutos, aumentando a vantagem dos donos da casa antes do intervalo.

Na segunda etapa, o Tombense voltou mais ligado e por pouco não diminuiu o marcador com Kleiton. Aos poucos, o Mirassol foi voltando ao jogo e começou a administrar o resultado. O time seguiu com a estratégia de infiltrações pelo alto entre a defesa adversária. Na melhor chance, Gabriel cruzou e Negueba se esticou todo, mas não conseguiu desviar a bola para o gol.

Com o passar do tempo, o Mirassol foi diminuindo o ritmo. Os donos da casa atacavam pelos lados e se recompunham com velocidade para evitar os contra-ataques do Tombense. Na reta final, o time se fechou. Temendo outro gol nos acréscimos como na última partida contra o Atlético-GO, o Mirassol baixou as linhas e mantendo a bola no campo de ataque, administrou a vitória até o apito final.

Na próxima rodada, iniciando o returno, o Mirassol viaja para Chapecó (SC), onde enfrenta a Chapecoense, no sábado, às 11 horas. Já o Tombense entra em campo no domingo, no mesmo horário, contra o Criciúma, em Muriaé (MG).

FICHA TÉCNICA

MIRASSOL 2 X 0 TOMBENSE

MIRASSOL – Alex Muralha; Lucas Ramon, Thalisson Kelven, Luiz Otávio e Guilherme Biro; Yuri Lima (Flávio), Danielzinho, Chico Kim (Camilo) e Gabriel (Fernandinho); Negueba (Julimar) e Zé Roberto. Técnico: Mozart.

TOMBENSE – Felipe Garcia; Pedro Costa (Kevin), Augusto, Zé Vitor e Egídio; João Pedro (Jaderson), Bruno Silva e Matheus Frizzo; Keké (Alexandre Jesus), Marcelinho (Rafinha) e Fernandão (Kleiton). Técnico: João Burse.

GOLS – Chico Kim, aos 33 minutos e Zé Roberto, aos 55 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Negueba, Fernandinho e Yuri Lima (Mirassol). Zé Vitor, João Pedro, Bruno Silva e Marcelinho (Tombense).

ÁRBITRO – Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

RENDA – R$ 20.950,00.

PÚBLICO – 1.596 pagantes.

LOCAL – Estádio Campos Maia, em Mirassol (SP).






Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *