[ad_1]

A causa da morte de Lisa Marie Presley, filha única do astro Elvis Presley, foi divulgada nesta quinta-feira, 13. De acordo com o LA County Coroner, o que seria o IML de Los Angeles, nos Estados Unidos, a empresária morreu devido a uma obstrução do intestino delgado, após uma cirurgia bariátrica para perda de peso.

“A obstrução aconteceu com a estrangulação do intestino delgado, causada por adesões que se desenvolveram após uma cirurgia bariátrica anos atrás”, diz o relatório da autópsia. “Essa é uma consequência conhecida de longo prazo desse tipo de cirurgia”.

Em 12 de janeiro deste ano, Lisa foi levada às pressas para o hospital depois de sofrer uma parada cardíaca. A equipe de paramédicos que atendeu a chamada conseguiu reanimá-la graças ao atendimento de primeiros socorros feito pelo ex-marido, Danny Keough, com quem ficou casada de 1988 a 1994.

Lisa Presley ficou em coma induzido, com um marca-passo temporário e respiração assistida por aparelhos, mas acabou não resistindo. Ela tinha 54 anos.

A filha de Elvis, que também era cantora e compositora, teve vários problemas com álcool e drogas. Lisa ainda estava lutando contra a dor da perda do filho, Benjamin Keough, que morreu aos 27 anos por suspeita de suicídio, em 2020.

Pouco antes de sua morte, ela compareceu ao Globo de Ouro para apoiar o filme Elvis, do diretor Baz Luhrmann. A artista estava acompanhada da mãe, Priscilla Presley, no evento. Elas viram Austin Butler ganhar o prêmio de melhor ator pela atuação no longa.

Lisa Marie Presley deixou, além da mãe, três filhas: Riley Keough, Finley Aaron Love e Harper Vivienne Anne.

Continua após a publicidade

Benjamin Keough, neto de Elvis Presley, ao lado da mãe, Lisa Marie Presley, em registro feito em 2012 Foto: Instagram/reprodução

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *