[ad_1]

Em um duelo direto na parte de baixo da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, o Avaí mostrou que está em franca recuperação e venceu o Ituano, fora de casa, por 1 a 0. Essa foi a segunda vitória consecutiva do time catarinense, que vinha de longa sequência negativa. O único gol do jogo, em um movimentado primeiro tempo, foi marcado por Denílson. 

Com a segunda vitória consecutiva, o Avaí chegou aos 17 pontos e subiu para a 18ª posição, apenas um ponto atrás do Tombense, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Já o Ituano, que não venceu nas últimas quatro rodadas, é o 14° colocado, com 20 pontos. 

Festival de oportunidades

O Ituano começou a partida pressionando e sem deixar o Avaí sequer passar do meio de campo. Teve a sua primeira chance aos 5, quando Felipe Saraiva foi lançado, invadiu a área com liberdade, mas errou a finalização. Ainda mais tempo no ataque com uma forte pressão inicial, o time paulista acertou o alvo aos 10, quando Rafael Carvalheira cruzou para a área com veneno, Hélio Borges cabeceou e o goleiro Igor Bohn defendeu. 

Após a pressão, o Avaí conseguiu reagir e segurar a bola. Levou perigo pela primeira vez aos 17, quando Denílson foi lançado dentro da área, conseguiu cortar Jefferson Paulino, mas o goleiro se recuperou e fez grande defesa na finalização. No jogo movimentado, o Ituano rapidamente respondeu, quando Yann Rolim arriscou da intermediária com um chute forte e a bola passou pertinho da trave. 

O lá e cá estava posto e aos 21, Felipinho recebeu na área, passou pela marcação e tentou o golaço para o Avaí ao bater por cobertura, só que a bola tocou o travessão. O Ituano voltou a se concentrar no campo de ataque e acumulou boas chegadas, restando apenas uma finalização melhor. Na chegada mais perigosa, Felipe Saraiva cortou da esquerda para o meio e quase achou o ângulo. 

As equipes seguiram aparecendo bem na frente, só que os sistemas defensivos começaram a levar a melhor. Até que aos 37, em contra-ataque, Denilson foi lançado por Rafael Gava, ganhou da marcação na velocidade e mostrou categoria na finalização para abrir o placar para o Avaí. O Ituano tentou reagir e chegou a acertar o travessão em chute de Felipe Saraiva desviado pelo goleiro. A pressão paulista foi grande, mas o Leão da Ilha foi para o intervalo vencendo. 

Queda de ritmo

O Ituano encontrou um jogo amarrado na volta para o segundo tempo e precisou se acertar em campo para buscar uma reação. Com dificuldades para criar, acertou o alvo aos 7, quando Felipe Saraiva arriscou de longe, mas Igor Bohn defendeu com tranquilidade. O Avaí que teve tudo para voltar a marcar. Aos 10, Felipinho recebeu cruzamento pela direita e dentro da área, sozinho, bateu muito mal e isolou. Uma grande chance desperdiçada. 

O tempo foi passando, substituições foram feitas, mas diferente do primeiro tempo, o Ituano teve mais problemas criativos na sua tentativa de pressão. Aos 17, levou perigo em cabeçada de Felipe Fonseca, após escanteio, que saiu ao lado da meta. O time paulista passou a errar muitos passes, o Avaí fez pouca questão de contra-atacar e o resultado foi uma partida com um ritmo muito menor e de poucas finalizações. 

O Ituano não estava mesmo conseguindo impor dificuldades ao Avaí, que teve o seu sistema defensivo como protagonista. Aos 30, após boa jogada do Ituano pela ponta, Eduardo Person teve tudo para marcar, mas foi travado na área. Uma nova finalização somente aos 38, quando Kauan bateu colocado da entrada da área e a bola ficou nas mãos do goleiro Igor Bohn. 

Na base do abafa, o Ituano seguiu no ataque e reclamou muito de um possível pênalti após Felipe Saraiva reclamar de falta dentro da área. O lance foi polêmico, o VAR chegou a analisar, mas não acionou o árbitro. O time paulista seguiu em busca da reação e finalizou mais vezes na pressão final. Na melhor chance, José Aldo pegou uma sobra após jogada de Felipe Saraiva, mas chutou torto. Melhor para o Avaí, que já vislumbra a saída da zona maldita. 



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *