— Eu te aviso. É que é foda, Porfírio. Eu nem estou falando mais com o seu amigo direito. Foi uma maior briga para receber esse dinheiro, sempre dava uma desculpa. Aí, depois que ele me pagou, toda hora mandava mensagem para fazer de novo, um atrás do outro. Eu falei que não era assim, que tinha que esperar um pouco. Aí, no próximo jogo, ele manda de novo. Eu falava que, se ficar tomando cartão assim, iam perceber, iam imaginar coisas. Ele não quis entender meu lado e eu bloqueei ele. Foi suado para pegar o dinheiro com esse cara. Não gosto de cara assim. É o nosso nome que está em jogo. Na hora de tomar o cartão a gente toma. Na hora de receber, um dia depois, ele fica que a bet não pagou, não entrou. Aí dá picadinho. Mó confusão — em áudio enviado para Diego Porfírio, no dia 1º de novembro de 2022.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *