[ad_1]

Nesta segunda-feira (24), Edinson Cavani deu um passo importante para os trâmites o levarem a se tornar um estelar reforço do Boca Juniors para a segunda parte da temporada 2023.

Segundo informação que vem do jornal francês ‘L’Equipe’ e ratificada por diferentes veículos da Argentina, já existe um acordo verbalmente combinado entre o atacante uruguaio e o Boca, restando o cumprimento dos trâmites para que o jogador consiga se desvincular de seu atual clube, o Valencia.




Edinson Cavani antes de jogo entre Valencia e Villarreal – Aitor Alcalde/Getty Images

Edinson Cavani antes de jogo entre Valencia e Villarreal – Aitor Alcalde/Getty Images

Foto: Jogada10

Em relação aos espanhois, as partes chegaram a um denominador comum sobre a quantia que Cavani receberá antes da rescisão contratual antecipada de vínculo que, originalmente, tem validade até julho de 2024. A princípio, o Valencia tentou o ‘perdão’ integral da quantia que seria de oito milhões de euros (mais de R$ 42 milhões, na atual cotação) para reduzir o custo salarial de sua folha, mas o acerto teria ficado em ponto onde o centroavante de 36 anos de idade receberia 1,5 milhão de euros (R$ 7,8 milhões) em forma de pagamento ainda a ser determinada (à vista ou em parcelas).

Assim que a rescisão estiver devidamente documentada e assinada, a expectativa é que Edinson Cavani embarque para a América do Sul e cumpra os trâmites burocráticos junto ao Boca para concretizar uma das chegadas mais badaladas do futebol sul-americano nos últimos anos.

Neste sentido, o clube de Buenos Aires também precisa solucionar um tema relevante no que se refere ao número de estrangeiros a serem relacionados em jogos da Libertadores. Situação essa onde nomes como Óscar Romero, Jan Hurtado e Sebastián Villa são tratados como os mais prováveis de serem cedidos por empréstimo e, assim, liberarem o espaço para a inscrição de Cavani.

Vale ressaltar que o Boca Juniors tem até 48 horas antes do jogo de ida pelas oitavas de final, contra o Nacional, para fazer até cinco alterações na chamada ‘Lista de boa-fé’ fornecida para a Conmebol. O embate em questão está programado para o dia 2 de agosto, às 21h (de Brasília), no Gran Parque Central.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *