[ad_1]

Seis meses após a morte de Lisa Marie Presley, única filha de Elvis Presley, a autópsia da empresária de 54 anos veio a público. Ela morreu de sequelas de obstrução do intestino delgado, segundo o LA County Coroner – o que seria o IML de Los Angeles. O relatório completo do legista ainda não foi disponibilizado e deve incluir resultados toxicológicos, segundo o site TMZ.

Lisa foi levada às pressas para o hospital em 12 de janeiro depois de sofrer uma parada cardíaca. Ela foi socorrida por paramédicos em sua casa, que fica em Calabasas, no estado da Califórnia, EUA. Seu ex-marido Danny Keough, com quem ficou de 1988 a 1994, foi quem a encontrou inconsciente, fez os procedimentos de primeiros socorros, mas sem sucesso.

A cantora e compositora, que não alcançou o sucesso do pai como artista, teve vários problemas com álcool e drogas e tinha passado por uma cirurgia plástica, além de ter perdido 22 quilos – Lisa, segundo o TMZ, queria estar mais magra para as várias premiações às quais Elvis, cinebiografoa do cantor estrelada por Austin Butler, foi indicada.

Lisa teve quatro filhos: Benjamin Keough, que se matou em 2020, com apenas 27 anos de idade, e a a atriz Riley Keough, de 33, da relação com o músico Danny, e a as gêmeas Harper e Finley, 14, que nasceram do casamento dela com o guitarrista Michael Lockwood.

Elvis, Priscilla e Lisa Marie Presley — Foto: Reprodução / Instagram Lisa Marie Presley

Lisa Marie Presley com os pais, Priscilla Presley e Elvis Presley, em 1970 — Foto: Getty Images

Harper, Lisa Marie Presley, Priscilla Presley, Riley Keough e Finley — Foto: Getty Images

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *