[ad_1]

Andressa Urach, 35, fez uma série de confissões em sua rede social na noite de ontem. A modelo contou como conheceu o ex-marido Thiago Lopes, que é pai do seu segundo filho, Léon.

A modelo afirmou ao abrir caixinha de perguntas no Instagram que o ex-marido era seu cliente na época da prostituição. Porém, depois os dois resolveram ficar juntos. “Sim, ele era meu cliente, mas teve muita química e a gente se apaixonou.”

Na sequência, ela contou que se apaixonou por ele após a transa entre os dois. “Eu me apaixonei por ele porque ele me comeu muito gostoso, inclusive me fez gozar várias vezes. Por isso, me apaixonei, a gente casou, por isso ele casou comigo. A gente só não está junto porque ele não gosta de putaria.”

Se ele gostasse, a gente estaria fazendo putaria juntos, essa é a verdade. Se ele gostasse da vida promíscua, eu estaria gravando junto com ele, mas ele nunca faria isso. Então, é uma pena, vamos em frente que tem outras oportunidades. Andressa Urach

Em uma caixinha de perguntas, um seguidor quis saber o motivo do ex-marido não parar de falar dela. “Eu acho que no fundo ele me ama, então ele não me esquece”, brincou ela.

Na rede social, a modelo também comentou que ainda tem sentimentos por Thiago, mesmo com a separação que envolveu briga judicial pela guarda do filho caçula. “Tenho sentimentos pelo Thiago, admiro ele como pai, amo ele, mas não deu certo nosso relacionamento. Como ele mesmo disse, eu gosto da coisa e não tem como porque ele não quer viver a vida que eu quero viver. Então, infelizmente, não tem como a gente ficar junto, porque ele é mais reservado, é diferente de mim.”

Ela também desabafou sobre a sua relação com o filho mais novo, Léon, de apenas 1 ano. Uma seguidora perguntou se Andessa não imagina o quanto a falta de uma mãe afeta um bebê.

“Não estou com ele porque não quero, até porque criei o Arthur junto comigo a vida inteira, carregando minha mãe para cima e para baixo para me ajudar a cuidar dele enquanto eu trabalhava, e assim seria com Léon também. Mas, infelizmente, eu perdi a guarda para o Thiago por causa do meu problema psiquiátrico, por causa da bipolaridade. Recorri, mas, depois de um tempo, eu e ele acabamos nos acertando e entramos em um acordo, que hoje ele está sendo um bom pai e está cuidando muito bem”, argumentou ela.

Andressa afirmou que durante os fins de semana ela tem a oportunidade estar com o filho caçula. “Durante a semana, ele fica com ele e, aos fins de semana, eu vejo o Léon, com exceção de hoje porque a gente está de férias, mas todos fins de semana eu tenho ficado com ele. Por enquanto, as visitações estão sendo assistidas.”

Ela continuou e desabafou: “Mas não tem o que fazer. Se Deus está permitindo dessa maneira, eu não escolhi ser bipolar. Faço tratamento e quem decide é o juiz. Não é uma escolha minha, queria muito. Já chorei, já sofri, mas não tem o que fazer. Analisando tudo eu e Thiago conversamos, fizemos um acordo. Eu pago pensão”, disse.

Logo, Andressa tratou de explicar que a distância do filho não é em razão das suas últimas escolhas de vida, como a volta à boate de entretenimento adultou ou a entrada no OnlyFans.

Eu nem falo para não chorar, eu evito falar sobre isso. Na vida, existem altos e baixos, mas não é por causa da minha escolha de vida profissional ou da minha exposição.

Ela também contou que decidiu não mostrar mais o filho em suas redes sociais por ter decidido ter uma vida aberta na internet. “Existe muito preconceito, tabu muito grande, em relação ao corpo e nudez. Pensando no Léon não vou mostrar mais nas redes sociais”, contou ela, que decidiu isso com o ex-marido, que acrescentou sentir muita falta do pequeno. “Sinto muita falta. Queria que ele tivesse aqui tomando banho de piscina”, finalizou.

Questionada se pretende se casar de novo, a modelo impõe algumas regras para ficar com um parceiro. “O homem tem que ter uma mente muito aberta e tem que ser muito rico também. Tem que gostar ‘da coisa’, porque sou ‘gulosa’. Eu falo na frente do meu filho porque ele tem que saber a verdade, quem fala a verdade não merece castigo”.

Andressa Urach diz que é viciada em sexo e gosta de ser 'puta' - Reprodução/Instagram  - Reprodução/Instagram

Andressa Urach diz que é viciada em sexo e gosta de ser ‘puta’

Imagem: Reprodução/Instagram

Vício em sexo e prostituição

Em seu Instagram, Andressa admitiu ser viciada em sexo e gostar da prostituição. “Eu sou [viciada em sexo]. Gosto muito, mesmo (…). Sou feliz sendo uma puta. Eu gosto. Eu amo. Além de ser um trabalho, é algo que eu gosto muito, muito, muito. Isso não quer dizer que não ame Jesus. Continuo amando Jesus, acreditando em Jesus, e a minha salvação é individual. Eu tenho paz e certeza da minha salvação acreditando em Jesus, e vivendo na putaria em que vivo. Eu acho que Jesus vai me perdoar, me buscar quando a morte chegar. Tenho certeza disso, pela graça que ele vai me salvar. Não preciso ser merecedora, eu sou pecadora. Me reconheço como tal. Ele conhece o meu coração”.

Na sequência, a musa do OnlyFans falou de sexo com mais de um parceiro. “Já fiquei [com dois homens]. Eles eram gêmeos. Pense em uma delícia?”, confessou.

Ela também contou que tem ficado com meninas nessa nova fase da vida dela. “Tenho ficado com umas tão lindas, tão cheirosinhas”.

Apesar de ter voltado para a boate de entretenimento adulto, Andressa descartou a retomada de uso de drogas. “Não sinto vontade. Sou muito consciente das consequências ruins. Já faz nove anos que não uso nada. Estou bem consciente em relação a isso, não usaria. Não vai me trazer nada de bom.”

Ela também contou com quantos ela já transou em uma única noite e de uma só vez. “Já fiquei com sete em um único dia”, disse ela, que foi interrompida por uma voz masculina, que ficou chocada. “B*cet* de ferro. Foram sete horas seguidas? Meu irmão. Você ficou o dia todo dando”, disse ele, aos risos. Então, ela pede para continuar e afirma aos seguidores. “E seis em uma única vez em uma festinha”.

Saída da igreja

Na rede social, a musa do OnlyFans também falou da época de conversão na igreja evangélica. “Eu fiquei seis anos convertida, casta, na igreja. Me decepcionei com a igreja, chutei o balde e voltei para a putaria. Estava em conflitos religiosos de ser pecado ou não por causa da plataforma OnlyFans e meus desejos. Aí pensei: ‘Quer saber? Chega de sofrer’. Eu estava me matando com a culpa.”

Ela afirmou que sentia muito medo de ir para o inferno. “Porque era uma culpa muito grande, que sexo fora do casamento era pecado, que meus sentimentos eram pecados. Então, eu não tinha amigos homens”, desabafou ela, que também disse que não se masturbava por sentir que era pecado.



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *